O Percurso Adaptado possui como atrativos, o Jardim dos Sentidos, o Cantinho do ChimarrÃo, o Jardim dos Beija-flores, recantos de descanso, um pequeno lago com plantas aquáticas e um Auditório ao ar livre.

O trajeto deste percurso foi definido a partir da declividade do terreno e da diversidade de espécies arbóreas próximas à  trilha. O critério de escolha dos espécimes baseou-se na espécie, seu porte e caracterí­sticas marcantes quanto a identificação da mesma, como o caule.

O trajeto do percurso adaptado se inicia na parte plana do terreno e se direciona para a parte declivosa através de curvas, facilitando a visita de cadeirantes e aproveitando melhor o espaço. Seguindo a NBR 9050/2004, a largura mínima deste percurso é de 120 centí­metros, a lateral direita deste possui corda-guia com altura de 92 cm, possibilitando um passeio autónomo das pessoas com deficiência visual.

O percurso adaptado possui placas informativas sobre os jardins e placas de identificação de 33 espécies arbóreas que se encontram ao longo da trilha e também nas placas que formam os jardins temáticos, a maioria das mesmas com transcrições em Braille. Este percurso também apresenta duas pontes.